DICAS MÁGIKAS

Perfumes Angelicais

Cada anjo está associado a uma fragrância, que você poderá utilizar protegendo seu chackra instintivo, localizado no umbigo - onde são captadas as energias de baixa freqüência. Coloque o perfume no dedo mediano, friccione-o ao polegar, passando ao redor do umbigo. Isto fará com que seu corpo fique protegido - fechado - contra a negatividade.

Se você prestar atenção, perceberá que o corpo possui um odor especial, próprio, que se altera mediante as mudanças do estado de humor. Os textos de Aromaterapia informam que quando um aroma é agradável, significa que o perfume está fazendo seu papel curativo em nosso corpo.

As tradições mágicas primitivas por todo o mundo associam aos odores desagradáveis ao anjo contrário e às formas espirituais inferiores. Os maus odores atraem entidades de baixa freqüência, com características possessivas. Caso você tenha dificuldades em encontrar os óleos, substitua-os por incensos.

Colocamos algumas sugestões de perfumes para melhorar seu dia-a-dia:

- Acne: limão, cedro e cânfora.

- Aftas: mirra, gerânio e sálvia.

- Anemia: camomila, limão e tomilho.

- Ansiedade: bergamota, sálvia, melissa.

- Ansiedade: cedro, olíbano rosas e flor de laranjeiras.

- Apatia: alecrim e jasmim.

- Artrite: benjoim, camomila, zimbro e sálvia.

- Asma: benjoim, hissopo e limão.

- Assepsia da boca: limão e camomila.

- Assepsia dos dentes: camomila

- Ausência de menstruação: rosas, camomila e sálvia.

- Azia: hortelã

- Bronquite: benjoim, bergamota, hortelã e alecrim.

- Câimbra: manjericão, cipreste e manjerona.

- Catarro: mirra, cedro e eucalipto.

- Celulite: erva-doce, zimbro, alecrim e lavanda.

- Cistite: sândalo, patchouly e lavanda.

- Cólicas: bergamota, alecrim, lavanda e hortelã.

- Conjuntivite: limão, gerânio e rosas.

- Coriza: cânfora, eucalipto e hortelã.

- Depressão: sândalo, patchouly e rosas.

- Desanimo: jasmim, calêndula e sálvia.

- Diarréia: eucalipto, sálvia, camomila, cipreste, mirra e sândalo.

- Distensão muscular: calêndula, cânfora e eucalipto.

- Dor de cabeça: lavanda, hortelã e eucalipto.

- Dor de dentes: sálvia, hortelã e zimbro.

- Dor de estômago: erva-doce, lavanda, camomila.

- Dor de ouvido: manjericão, hissopo e camomila

- Dores na menstruação: cipreste, manjerona e zimbro.

- Enxaquecas: rosas, melissa, lavanda, camomila.

- Estado de choque: flor-de-laranjeira, melissa e hortelã.

- Excitabilidade: cipreste, manjerona e limão.

- Fígado: limão, sálvia, alecrim e hortelã.

- Garganta irritada: eucalipto, limão, sálvia-esclaréia, manjericão.

- Gases: manjericão, erva-doce, cânfora e mirra.

- Insônia: cânfora, manjericão e lavanda.

- Intoxicação alimentar: erva-doce.

- Irritabilidade: rosas, cipreste e camomila.

- Laringite: sálvia, cipreste, olíbano.

- Má circulação: benjoim, rosas e cipreste.

- Má digestão: calêndula, lavanda, manjericão.

- Mau hálito: mirra, lavanda e hortelã.

- Náuseas: rosas, sândalo e melissa.

- Nevralgia facial: hortelã, cipreste e eucalipto.

- Perda do apetite: mirra, erva-doce e bergamota.

- Pressão alta: melissa, manjerona e limão.

- Pressão baixa: alecrim, sálvia e tomilho.

- Prisão de ventre: cânfora, alecrim e manjerona.

- Problemas nos ovários: sálvia e cipreste.

- Propensão a alergias: camomila, flor-de-laranjeira e jasmim.

- Rejuvenescimento e regeneração: patchouly, mirra, jasmim e olíbano.

- Resfriados: benjoim, limão e manjericão.

- Retenção de líquidos: patchouly, gerânio e lavanda.

- Reumatismo: lavanda, limão e eucalipto.

- Rins: cedro, sândalo e pinho.

- Sinusite: eucalipto, manjericão e hortelã.

- Stress: cedro, rosas e manjerona.

- Tensão: tomilho e alecrim.

- Tosse: mirra, cedro, benjoim e tomilho.

- Transpiração excessiva: sálvia-esclaréia.

- úlcera: calêndula, rosas e limão.

- Vista cansada: alecrim.

- Vômito: limão, rosas e hortelã.

(fonte: Monica Buonfiglio)