EVENTOS

Vidas a serviço da VIDA

XANXERÊ SE EMOCIONA COM INATIVIDADE DE UM GRANDE COLABORADOR

No próximo dia 27 de fevereiro o município de Xanxerê, no Oeste de Santa Catarina, estará comemorando 55 anos de emancipação política. Nesta data, os 42 mil habitantes da cidade festejarão os 7 anos de implantação do Corpo de Bombeiros Militar. A data também foi escolhida para a passagem à inatividade de um grande herói, o “Soldado Avaí”, o labrador que foi o precursor de toda a atividade com cães dentro do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina. Afastado das atividades de busca, nos últimos 3 anos, Avaí fazia parte do projeto de Cinoterapia do 6º Batalhão de Bombeiros Militar de Chapecó e semanalmente visitava as APAE da região, contribuindo para o aprendizado de centenas de crianças especiais. Porém devido a alguns problemas de saúde, parte de sua face paralisou no final do ano de 2008. Com isso, algumas atividades que sempre foram extremamente prazerosas para o cão, agora lhe causam dor, motivo pelo qual, seguindo orientações médicas, o mesmo será definitivamente retirado de todas as atividades institucionais da corporação. Avaí participou de várias operações reais e bem sucedidas, com destaque para a queda do prédio dos Correios em Içara no sul do Estado em agosto de 2005, quando seu desempenho foi fundamental para a liberação de recursos para a construção do atual Centro de formação e treinamento de cães de desastres situado na cidade de Xanxerê. “Ele foi o precursor de todas as nossas teorias, com ele praticamos todo o nosso aprendizado” comenta emocionado o Sd Moisés Kluska, um dos cinotécnicos de Xanxerê e que como todos os demais iniciaram suas atividades sendo condutor do Avaí e que nos últimos anos trabalhou diretamente com o mesmo no projeto de Cinoterapia. Sem exageros, o Labrador Avaí é um ídolo na cidade onde vive, por isso a decisão da homenagem no dia da sua passagem para a inatividade, onde alunos das APAE da região estarão presentes além dos cinotécnicos que já trabalharam com o mesmo. “A vida dele literalmente foi o quartel pois ele nasceu aqui e esteve aqui quase todos os dias da sua vida, vai fazer muita falta, mas merece finalizar seus dias correndo pelo quintal, sem rotina de treinamento e trabalho” finaliza o Bombeiro Comunitário Profissional João Duarte de Borba, o primeiro condutor a trabalhar com Avaí.
DATA DE ATUALIZAÇAO: 17/02/2009
CREDITOS: Centro de Comunicação Social/CBMSC/3ª/6ºBBM
DATA DA NOTÍCIA: 17/02/2009

1° CURSO DE CINOTÉCNICOS EM XANXERÊ

Iniciou ontem 07 de maio, o 1° Curso de Formação de Cinotécnicos do Corpo de Bombeiros Militar de SC, que acontece no Quartel da Corporação de Xanxerê. Esse curso visa a preparação e a utilização de cães nas operações de localizaçao de vítimas em desastres, perdidas em mata, nas açoes de cinoterapia (Terapia facilitada por cães, onde profissionais utilizam este instrumento como reforçador, estimulador e facilitador da reabilitação de pessoas), nas atividades periciais e na localização de cadáveres submersos. Participam do curso 23 alunos, entre bombeiros e policiais militares, oriundos de 9 cidades catarinenses, e dos Estados de, São Paulo, Paraná, Ceará e do distante Pará.
DATA DE ATUALIZAÇAO: 08/05/2007
CREDITOS: Centro de Comunicação Social do CBMSC
DATA DA NOTÍCIA: 08/05/2007

BOMBEIROS DE XANXERÊ NA EXPOFEMI 2008

A Festa Estadual do Milho - EXPOFEMI 2008, que é uma das maiores feiras de agronegócios do Sul do Brasil, está em sua 14ª edição. Agendada para o período de 5 a 13 de abril na cidade de Xanxerê-SC, tem a expectativa de receber mais de 300 mil visitantes, quase 10 vezes mais a população da cidade, em seus mais de 500 espaços de expositores e nos diversos shows com artistas de destaque nacional. Além do serviço preventivo legal para a funcionamento seguro do evento, como o atendimento emergencial pré-hospitalar, o Corpo de Bombeiros Militar de Xanxerê ainda participa com um espaço para divulgar as atividades, com amostras de ações de resgate veicular, controle de incêndios florestais e o serviço de busca, resgate e salvamento com cães. Mais detalhes da EXPOFEMI 2008 no site: http://200.135.254.35/expofemi Através de um convênio com a comissão central organizadora do evento, Bombeiros Militares e Comunitários através de apresentação de documentação, poderão ter seu ingresso franquiado no parque de exposições.
DATA DE ATUALIZAÇAO: 08/04/2008
CREDITOS: Centro de Comunicação Social / Edição: Sgt Sidney
DATA DA NOTÍCIA: 08/04/2008

II PROVA DE CERTIFICAÇÃO DE CÃES EM XANXERÊ


Terminou no ultimo sábado dia 25 de outubro, o II Congresso Brasileiro de Busca, Resgate e Salvamento com Cães do Brasil onde também se realizou a II Prova de Certificação Internacional pela Organização Internacional de Cães de Resgate. O evento foi aberto com a presença do Coronel BM José Cordeiro Neto, Subcomandante-Geral da Corporação, demais autoridades e convidados no dia 21 de agosto, data em que também foi oficialmente inaugurada a pista de treinamento em desastres urbanos em Xanxerê, que é uma pista para treinamento de cães de resgate e também para humanos nas atividades de busca e resgate em estruturas colapsadas. As provas se deram em duas categorias, sendo Busca Rural (pessoas perdidas na mata) e Busca Urbana (casos de soterramento e colapso de edificações). As provas ainda avaliaram os cães em dois níveis de dificuldade A e B, sendo que é preciso certificar-se numa e esperar um tempo para candidatar-se ao outro nível. Dos cães brasileiros que participaram do evento, somente o Cão Brasil, conduzido pelo Soldado BM Moises Kluska é que participou de uma prova nível B em busca urbana, sendo certificado com 288 pontos dos 300 possíveis. O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Santa Catarina participou com 4 cães, obtendo sucesso com 3 deles, todos da cidade de Xanxerê: o Zorg, o Brasil e o Xanxerê, todos eles sendo certificados. O Cão Xanxerê que é conduzido pelo Capitão BM Walter Parizotto, precisou ir para a "repescagem" para ser aprovado. Segundo a Diretora Técnica da Associação Busca, Resgate e Salvamento com Cães do Brasil, Irene Lídia Laure, é extremamente dificil um cão passar na prova de repescagem, porque ela é realizada no terceiro dia, quando o cão já está muito cansado e num elevado nível de stress. Mesmo assim o cão superou-se e obteve a pontuação necessária para a sua aprovação. Para a Juiza Resi Gerritsen, uma holandesa com mais de 40 anos de experiência com cães e participação em mais 100 ocorrências reais, que atualmente vive na República Tcheca, acredita que o Brasil ainda tem muito a evoluir tecnicamente, no entando tem excelentes cães. Participaram da II Prova de Certificação, na categoria de Busca Rural, os condutores Soldado BM Moisés Kluska com o cão Brasil, o Bombeiro Comunitário Ivaldir Busaqueira com o cão Zorg, ambos da cidade de Xanxerê e Jorge Ceballo, com o cão Princess, da cidade de Córdoba – Argentina. Na categoria de Busca Urbana, participaram os condutores Rita P. Leivas Leite, com os cães Amor e Clara, da cidade de Florianópolis, o Bombeiro Comunitário Ivaldir Busaqueira, com o cão Zorg, o Capitão BM Walter Parizotto, com o cão Xanxerê, o Soldado BM Moisés Kluska com o cão Brasil e os Argentinos, Juan Carlos Lombardi, com o cão Elletrico e Jorge Ceballo, com o cão Princess.
DATA DE ATUALIZAÇAO: 27/10/2008
CREDITOS: Centro de Comunicação Social / CBMSC
DATA DA NOTÍCIA: 27/10/2008