MODA E BELEZA

Descruze


Parece vício: é sentar e as pernas, como que por desejo próprio, se cruzam. Com o tempo, o corpo acostuma e só fica confortável nessa posição. Isso sem falar do charme que a cruzada insinua. Mas, silenciosamente, o gesto detona a coluna, os ligamentos e compromete até a circulação. Além desse, temos outros hábitos posturais que merecem ser banidos da rotina. Aceita o desafio?!

Quando você acorda com uma terrível dor nas costas, a primeira coisa que pensa é o que aconteceu no dia anterior que possa ter causado o desconforto. Não estranhe caso constate que a sua rotina foi igual a dos outros dias. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a principal causa de dor nas costas, um mal que ataca 80% da população, é a má postura. Os tais vícios de postura, que repetimos o dia inteiro sem perceber, maltratam as nossas costas, sim, mas o corpo inteiro acaba sendo vítima. Uma entortadinha aqui e outra ali afetam várias partes do corpo que parecem que não têm nada a ver com o problema. “Às vezes, o que dói é o joelho. Mas a causa está nos quadris, já que o corpo é todo interligado por tendões, músculos e articulações”, explica Carla Danielle Chagas, fisioterapeuta do Rio de Janeiro. E o que começa com uma dorzinha boba, se não for cuidado, pode evoluir para um problema mais sério como uma tendinite, um desvio de coluna ou até uma hérnia de disco. Sem falar do estrago que um corpo fora do prumo provoca no visual. Para ajeitar a postura, temos de reaprender posições do nosso cotidiano, como sentar, ficar em pé, pegar um objeto no chão. E depois – isso é que é difícil! – treinar a força de vontade para mantê-las no dia-a-dia. No começo, vale até colar bilhetinhos no computador ou disparar o alarme do relógio, de 20 em 20 minutos, para verificar se está tudo em ordem. Outra providência: você precisa fortalecer a musculatura, especialmente as das costas e do abdômen. Seu prêmio? Adeus às dores e uma pose muito mais elegante.

(fonte texto Revista Boa Forma)
(imagem: MagNews)